dezembro 18, 2015

A Importância da Keratina

Já aqui vos tenho falado sobre assuntos de cabelo, e como é um tema que me agrada hoje vou falar outra vez, e vai ser sobre a importância da keratina. Afinal, ouve-se tanto falar nesta palavra, mas no fim, a maioria não sabe o que quer dizer, verdade?



O que é e porque é importante?

A keratina ajuda a formar as unhas e os cabelos. Ela é formada por 15 aminoácidos diferentes, que juntos dão força e vitalidade aos cabelos.

Esta é uma proteína que possui propriedades particulares como:
·         Impermeabilidade à água
·         Alto nível de resistência
·         Elasticidade

Para além disso, também ajuda a proteger o organismo contra agressões externas, como:
·         Choques
·         Radiação solar
·         Vento
·         Chuva


Onde é utilizada?

Esta proteína é muito usada pela indústria de cosméticos. Faz parte da composição de champôs, amaciadores, cremes, restauradores capilares, cremes de alisamento, produtos de higiene pessoal e também vernizes.
Esta é a principal substância que compõe os cabelos, e é por isso que é bastante utilizada em produtos e tratamentos capilares, cujo objetivo é repor esta proteína perdida diariamente por causa das agressões físicas e químicas.


Tratamentos com keratina:
·         
Os champôs e amaciadores para o cabelo têm uma quantidade menor do que os restantes produtos, por isso podem ser usados diariamente.
·         Já as ampolas e os hidratantes são mais concentrados e por isso devem ser usados apenas uma vez por semana.
Mas, para além dos produtos habituais que existem no mercado, há outros tratamentos com keratina, que são indicados para quem tem os cabelos muito ressequidos. Se for esse o teu caso, consulta um cabeleireiro para te aconselhar.

De qualquer forma, o tratamento mais comum e indicado é a Nanoqueratinização, aplicada com uma escova como se fosse um difusor, que injeta a keratina no fio, em camadas, acabando com as fissuras e com a falta de brilho.


Existem ainda a Cauterização e a Plástica Capilar, que são indicados para quem tem os cabelos bastantes danificados por causa das tintas, dos alisamentos progressivos no cabelo ou por causa de outros tratamentos químicos. São tratamentos feitos em etapas: limpeza dos fios, hidratação, carga de keratina, aquecimento com chapa (para maior penetração do produto) e finalização com silicone.



E depois há ainda a Reconstrução Capilar, que para além de pessoas com cabelos danificados por químicos, é altamente indicada para cabelos finos e frágeis, propensos a cair. As pessoas que tiveram a saúde dos seus cabelos prejudicada pela ação do tabagismo, cirurgias e outras doenças, também podem precisar deste tipo de tratamento.
Neste tratamento o cabelo é lavado em primeiro lugar com um champô de limpeza profunda (anti-resíduo), depois com um champô reconstrutor, e de seguida é aplicada a keratina. A seguir é aplicado o creme reconstrutor, sempre massajando os fios do cabelo. Faz-se uma pausa de aproximadamente 20 minutos para deixar o produto aderir no couro cabeludo e a seguir é lavado para o retirar. No fim, é aplicado um selante ou protetor térmico e seca-se o cabelo.


Atenção…

Mesmo com todos os benefícios, nunca é bom abusar na dose de keratina. Muita proteína desta no cabelo também pode prejudicar, enrijecer a fibra capilar e acabar por ressequir o cabelo. Portanto, cuidado com os abusos!

Já sabiam estas coisas acerca da keratina? Já agora deixem os vossos comentários acerca deste assunto, digam também se tiveram alguma experiência com estes tratamentos e como correu!! :)

Beijinhoooos**


 

5 comentários:

  1. Gracias por compartir, no sabia mucho de ese tema

    saludos L.

    www.lalouuula.com

    ResponderEliminar
  2. Really interesting post...thx for sharing! xx

    ResponderEliminar
  3. Really interesting post...thx for sharing! xx

    ResponderEliminar
  4. Um post super interessante... pois confesso, não estar por dentro do assunto...
    Uma grande partilha, Adriana!
    Beijos
    Ana

    ResponderEliminar