fevereiro 06, 2019

Não te escondas atrás de um computador.

A propósito de um tema que tem sido muito discutido nos últimos dias, relativamente à polémica da Ana Guiomar no Programa da Cristina, decidi falar aqui do assunto e em forma de apelo à educação e bom senso nas redes sociais. Para quem não faz ideia do que falo eu passo a explicar: estes dias a Cristina Ferreira decidiu fazer uma entrada diferente no programa (como sempre nos tem brindado) em que, juntamente com algumas convidadas, imitaram as atrizes de O Sexo e a Cidade, uma série muito provavelmente conhecida de todos. Uma das convidadas foi precisamente a Ana Guiomar que apareceu muito divertida, vestindo um longo vestido branco com umas cerejas que, apesar de não ser um trapinho que lhe ficasse a matar, enquadrou muito bem no papel e fez uma personagem divertida. Acontece que, de imediato, as redes sociais foram invadidas por centenas de comentários altamente ofensivos à atriz, principalmente no Instagram da própria, desprovidos de qualquer educação por parte até dos seus próprios seguidores. No meio de tamanha desordem, a Ana, assim entendeu e publicou uma foto desse dia com um texto em que respondeu aos haters e mostrou como isto atingiu proporções absolutamente impensáveis.


Isto é de mais malta. Onde é que as pessoas pensam que podem chegar através de um ecrã? Ora estamos todos felizes e contentes a participar em movimentos de #todastemoscelulite e #mulheresunidas, ora estamos a enxovalhar e a cascar em cima de alguém porque um vestido não lhe ficou tão bem. E o pior é que esta gente muitas vezes é a mesma, que tanto está a participar nas hastags fofinhas porque é giro, como estão a enviar mensagens privadas a chamar baleias assassinas às demais. Muita calma nessa hora. Vamos lá ser racionais… 
Após isto ser discutido na Passadeira Vermelha fiquei ainda com mais vontade de falar sobre o tema. No programa as opiniões dividiam-se entre ela ter feito bem em responder aos haters, e entre quem achava que devia ter ignorado porque eles querem é causar este tipo de constrangimento nas pessoas. Digamos que estou exatamente no meio destas duas opiniões. Acima de tudo eu acho que o Instagram é, ou deverá ser, isto mesmo. Publicações espontâneas sobre aquilo que te apetecer partilhar no momento. E foi precisamente isso que a Ana fez, teve vontade de responder e assim fez, e muito bem na minha opinião. Por outro lado, também percebo que não resolverá muito, porque quem faz isto dificilmente recebe estas críticas, e está a mostrar que deu importância às ofensas.
Cada vez é mais complicado ser-se “normal” por termos obrigatoriedade em corresponder aos padrões da sociedade. O problema não está em quem é como é, mas sim nas mentalidades de quem perde mais tempo a escrever comentários obscenos do que a olhar-se ao espelho.
Eu sei que também gostavam de vestir um vestido excêntrico e ir ao Programa da Cristina, mas vá lá, nem todos somos a Ana Guiomar. Go Ana! 

 

3 comentários:

  1. Ás vezes, sinto-me envergonhada de pertencer a este meio por causa destas situações. É por isso mesmo que não participo em hashtags e campanhas do género e muito menos acredito que as mulheres sejam unidas. Não somos todos iguais, mas tal e qual como dizes, a maioria desses movimentos vive de hipocrisia. A Ana não estava propriamente favorecida, mas estava fofíssima. Opa, e mesmo que não tivesse? Que temos nós a ver com isso? As pessoas usam mesmo o computador para se esconder, mas sem dúvida!

    THE PINK ELEPHANT SHOE

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É exatamente pelos mesmos motivos que não costumo participar. Gostava que fosse tudo mais genuíno e que deixassem estas coisas de lado.
      Obrigada querida! :)

      Eliminar
  2. sounds like a cool show.

    http://www.amysfashionblog.com/blog-home/

    ResponderEliminar